Thursday, July 09, 2015

Ponto da situação





Este ano tem sido bastante seco, aqui na zona Sul da Estremadura, mas os avistamentos de pirilampos e de bioluminescência em geral, continuam a ser comuns. Centenas de testemunhos, oriundos de diferentes partes do país, foram-nos enviados. Dezenas de novas localidades foram acrescentadas à distribuição presente conhecida para várias espécies.
A fase de avistamentos de espécies de coleópteros luminosos terrestres de maiores dimensões, já deu início com alguns testemunhos vindos da zona Oeste da Estremadura, do Algarve e do Norte do país, por exemplo.