Tuesday, April 24, 2012

Phosphaenus hemipterus



   Macho e fêmea adultos:



















  Um macho adulto:

  http://www.youtube.com/watch?v=VDGl5tNt_o0


Wednesday, April 18, 2012

Já apareceram!!



Já foram vistos dois vaga lumes, na Serra da Carregueira.
2 fêmeas adultas de Luciola lusitanica.


Sunday, April 08, 2012

Vaga lume de Coimbra





  Encontrado em finais de Abril de 2009.
  Lamprohiza paulinoi (fêmea adulta).




Já viu algum pirilampo?
Tenho recebido algumas informações de avistamentos de vaga lumes e de outras formas bioluminescentes. Mas relanço aqui o assunto. Quem tiver visto algum, por favor, envie-me um mail, pm ou até um «comment».
Tente enviar uma resposta, que responda às seguintes questões:

1- Local e hora do avistamento. ( o mais pormenorizado que poder indicar, melhor).
2- Condições atmosféricas ( se estava a chover, húmido, seco, calor ou outros...)
3- Condições de luminosidade do local ( tinha iluminação artificial perto, longe ou nenhuma, se sim de que côr era a luz).
4-Que tipo de luz emitia o pirilampo? Côr? Piscava ou mantinha-se sempe acesa? Pulsares?
5- Em que habitat estava o pirilampo? Floresta, campo, berma de caminho, etc... Diga-nos também se souber em que plantas o animal estava poisado ou a sobrevoar.
6- Por fim diga-nos o que é que o vaga lume estava a fazer? A comer, a acasalar, a descansar, a andar, a voar, etc...

As suas informações são muito importantes, pois muito pouco se sabe sobre estes animais misteriosos. Pode também dar um relato mais sintético sem responder a algumas das questões.
Em muitos locais se assiste à diminuição notória dos numeros de pirilampos e assim se vai perdendo um dos maiores espetáculos da natureza.

Envie por email de preferência para: livinglightfestival@gmail.com

Obrigado!!


Saturday, April 07, 2012

Pirilampos adultos ainda não apareceram

Este ano e até hoje ainda não vi nenhum adulto. Será da seca deste inverno? Será do menor número de saídas de campo? Certas zonas continuam a ser monitorizadas semanalmente, mas ainda nada apareceu  (mesmo nos locais onde costumavam de aparecer mais cedo).

A solução é continuar a investigar...