Saturday, August 29, 2009

Estrelas vivas ao rubro




Época dos pirilampos adultos no fim


A maior parte dos pirilampos adultos já cumpriu a seu ciclo de vida.
Este ano, teve um pouco menos de pirilampos que o ano passado, mas ainda é cedo, para tomar alguma conclusão.
O ano foi seco é um facto, mas não se sabe se foi essa a única causa.
Agora os ovos jazem debaixo do solo, mais protegidos da desidratação e dos calores do estio, «adormecidos» enquanto as chuvas não chegam.
Algumas crias nascem durante o verão, mas permanecem escondidas em zonas frescas e húmidas..
A chuva irá libertá-las (mais tarde) dos seus abrigos e fazer com que se vejam as suas luzes, na superfície da floresta.




                               













                                         Foto de fêmea adulta de Nyctophila reichii (Marc Blanco)