Friday, October 26, 2007

Insólito: ovos de vaga lume




  Ovos de vaga lume prestes a eclodir.


  Os ovos de vaga lume também brilham.

  Fotos de Chosetec.



Tuesday, October 16, 2007

Bioluminescência no mar



Em Portugal existem condições muito boas para a existência de seres luminosos marinhos.
Fenómenos de mar brilhante (devido a plancton luminoso) são visiveis à superficie, por exemplo, na zona de Sesimbra.
Em zonas de mar muito profundo, (partir dos 1000 metros) surgem variadas formas bioluminescentes. Tendo em conta que várias zonas da nossa área marinha, contêm estas profundidades e são muito ricas em nutrientes, é possível observar diversas formas de seres luminosos.


Vídeos sobre pirilampos



A primeira filmagem de sempre que conheço de.Phrixotrix hiatus (?):

http://www.youtube.com/watch?v=vOuwCF61hUs

Mais:

http://www.youtube.com/watch?v=wons2Wa98BQ


http://www.youtube.com/watch?v=30UgxoMIcps


http://www.youtube.com/watch?v=Il_In43LaS8


http://www.youtube.com/watch?v=mjvIBTMxuE0


https://www.youtube.com/watch?v=ebuSeK7Y7F8


Insectos que produzem luz azul


Em Portugal existem insectos (Diptera) que evidenciam bioluminescência azul, no estado larvar.

Estas espécies vivem em zonas húmidas, escuras, como em troncos de árvores caídas.

Espécies do género Keroplatus e Orfelia, que comprovadamente existem no nosso país, através da apanha de exemplares adultos, apresentam uma luz azul enquanto larvas.






Wednesday, October 03, 2007

Isso é um vaga lume!



http://www.youtube.com/watch?v=P1xw3lfW6cw



Quais os efeitos da poluição luminosa nos pirilampos?



A poluição luminosa provocada por um uso excessivo e descontrolado da luz pelo Homem interfere de forma direta na vida dos vaga-lumes, pelas seguintes razões:

- As larvas utilizam luzes como sinal de aviso para não serem predadas. Se a sua luz, tornar-se menos perceptível devido ao excesso de luz ambiente ( neste caso artificial), os seus sinais defensivos deixam de ser compreendidos, e podem assim ser atacadas e mesmo quando rejeitadas, podem ficar feridas de morte.

- Os adultos comunicam-se através de sinais luminosos. Com muita iluminação, deixam-se de ver e assim não poderão acasalar, pois os machos ficam sem ser saber onde estão as fêmeas.
Algumas fêmeas, uma vez confrontadas com muita luz, refugiam-se em locais, escuros e abrigados, recolhendo-se por vezes, no seu abrigo subterrâneo. Assim ficam impedidas de se reproduzir.

Neste pequeno vídeo vê-se isso mesmo a acontecer:

http://www.youtube.com/watch?v=XnHXSlgO6FE





Contra a poluição luminosa




A poluição luminosa além de nos impedir de ver os céus estrelados, interfere nos ciclos vitais das plantas e dos animais. A nível económico um grande gasto é feito através de emissões excessivas de luz que se escapa para o espaço (sem sequer ser utilizada).


Assim algumas pessoas têm demonstrado esforços para inverter esta tendência, como se pode ver neste site:

http://www.darksky.org/


Rota Dark Sky Alqueva:

http://www.darkskyalqueva.com/a-rota/




Site dos pirilampos (inglês)



http://www.galaxypix.com/glowworms/